Category Curso de Fotografia

Sensores: Microfones de luz

A

ndei escrevendo aqui no blog que o tamanho físico do sensor não é um fator muito importante no workflow de produção de uma imagem fotográfica. Como este é um blog de fotografia com uma leve, e nada disfarçada, preferência pelo processo antigo de exposição e revelação de película e papel, fica parecendo implicância com o novo. Não é. Cada processo tem suas vantagens e desvantagens, e é preciso conhecer bem tudo isso para que se faça a escolha da ferramenta certa para um dado projeto.

O sensor funciona como um teste instantâneo (eba!) e também gera a imagem de custo mais baixo para a publicidade (oba!). Mas isso depende de entendermos como funciona esse treco, e como tirar maior vantagem dele.

Leia mais

Megapixels e outras Besteiras, parte 2

C

omo vimos antes, megapixels é uma medida de área criada para impressionar os consumidores e levá-los a achar que qualquer melhorazinha em um sensor é um enorme salto à frente.

Deixei todo mundo triste ao contar que uma melhora expressiva no tamanho de um sensor, como dobrar suas dimensões lineares (base e altura), significa quadruplicar seus megapixels. A Canon acaba de lançar sua 5DS (ou R) de 50MP – o primeiro progresso relevante (em termos de megapixels) desde os 12MP.

Precisamos chorar por isso? Nope. Megapixels não são, nem de longe, a característica mais relevante em uma DSLR; mas antes de entrar no que realmente nos interessa para fazer uma boa captura de imagem, o que farei em outro post, vamos nos adiantar e ir direto ao fim do processo: o que faremos com a imagem?

Leia mais

Megapixels e outras Besteiras, parte 1

R

esolução alta, como já observei por aqui, é um truque de vendas muito usado por fabricantes para nos manter renovando o equipamento de 10 em 10 anos, pelos séculos dos séculos, amém. Para a maior parte dos trabalhos comerciais de hoje, 12MP já é um pouco de overkill, principalmente se as suas lentes e a sua técnica forem fracas. Mas vamos elaborar um pouco sobre a palavra mágica, megapixels, esse objeto do desejo, endorfina fotográfica que nos mantém eternamente fissurados.

Megapixel é a expressão de uma função quadrática, lembram? É como calcular área de uma sala: multiplica-se base por altura, ou número de pixels na horizontal pelo número de pixels na vertical. E como obtemos “metros quadrados” na sala, obtemos “megapixels” em captura digital. Um sensor com 2.048 pixels na horizontal por 1.536 pixels na vertical tem (2048 x 1536 = 3.145.728) pixels, ou 3MP.

Leia mais